Advogado de Imigração Israelense

Procurando assessoria jurídica de um advogado de imigração israelense? Cidadãos de países ao redor do mundo desejam vir a Israel por diferentes motivos: aliyah (traduzido literalmente, “ascensão”) e a naturalização de acordo com a Lei do Retorno, matrimônio com um(a) israelense(a), reunificação familiar, vistos de trabalho temporário (visto B/1 para Israel), vistos de voluntariado, vistos de educação ou vistos de estudantes, visitar Israel com um visto de turista, vistos de trabalhos especializados, trabalhar para uma organização internacional sem fins lucrativos, vistos religiosos, etc.

Nós da Decker, Ofir and Associates teremos o prazer de atender-lhe referente a quaisquer dúvidas acerca da imigração para Israel. Nossa firma conta com uma significativa experiência na lei de imigração para Israel, e, representamos clientes particulares e comerciais, lidando com os diversos departamentos do Ministério do Interior, o qual é a autoridade governamental autorizada para emitir vistos para Israel.

Advogado de imigração para Israel

Aliyah para Israel – Imigração para Israel para Judeus

Nossa firma possui conhecimento e experiência na representação de clientes e seus membros familiares que desejam imigrar para Israel de acordo com a Lei do Retorno – 1950 (realizar a aliyah) como judeus ou descendentes de judeus. Encorajamos buscar a assessoria de um advogado de imigração israelense antes de realizar a aliyah para Israel, com o objetivo de estar mais bem informado(a) acerca do processo de aliyah.

Para a sua conveniência, nós incluímos alguns artigos escritos por um advogado de imigração israelense, referentes à aliyah para Israel.

Aliyah para Israel para uma pessoa que entra a Israel como um turista com um visto de turista B/2.

Aliyah para Israel para um bisneto de um judeu.

Matrimônio com um Israelense – Visto de Esposo(a) / Parceiro(a) para Israel

Cidadãos não-israelenses que contraem matrimônio ou vivem juntos (lei comum de matrimônio israelense) com seu parceiro israelense local (cidadão ou residente permanente) são elegíveis, de acordo com a Lei da Cidadania, a adquirir o estatuto legal em Israel, de acordo com as regulamentações e procedimentos do Ministério do Interior. Este processo leva aproximadamente cinco anos, durante os quais o casal deve provar que eles estão vivendo juntos e a “sinceridade” (veracidade) do seu relacionamento. Primeiro, o(a) esposo(a) não-israelense irá receber um visto de trabalho, então, um estatuto de residente temporário, e, finalmente (se o processo transcorre sem problemas), a residência permanente ou a cidadania israelense.

Para alguns artigos elaborados por um advogado de imigração para Israel, referentes à aquisição da cidadania israelense através de um relacionamento com um(a) parceiro(a) israelense decorrente de matrimônio ou do ato de viver junto com um israelense, veja abaixo.

Visto de matrimônio israelense – Cidadania israelense para o(a) esposo(a) de um(a) cidadã(o) israelense em conformidade com o processo gradual.

Visto israelense decorrente da lei comum de matrimônio – Cidadania israelense para o(a) parceiro(a) estrangeiro(a) de um(a) israelense.

Estatuto legal em Israel através de casamento com um residente permanente israelense – o procedimento do Ministério do Interior.Advogado de imigração para Israel

Término do Relacionamento entre um(a) Israelense e seu(sua) Esposo(a) / Parceiro(a) Estrangeiro(a)

Infelizmente, existem situações nas quais o relacionamento entre o(a) cidadã(o) israelense e o(a) parceiro(a) ou esposo(a) estrangeiro(a) chega a um fim antes de que o(a) não-israelense tenha recebido a residência permanente ou cidadania israelense. Neste caso, o término do relacionamento pode significar deixar Israel para a parte não-israelense. Entretanto, há casos em que um advogado de imigração israelense pode ser capaz de ajudar, de acordo com as regulamentações do Ministério do Interior, em prolongar a estadia em Israel ou obter um visto para Israel, por exemplo, em casos em que os filhos são israelenses, e, na custódia do não-israelense.

Um advogado de imigração israelense escreveu alguns artigos informativos referente aos termos e ao processo de terminação de um relacionamento com um(a) israelense e o estatuto de visto israelense do(a) esposo(a) ou parceiro(a) estrangeiro(a) que ainda não recebeu a cidadania ou residência permanente israelense. Por favor, encontre os links para os artigos abaixo.

Terminação do processo gradual – as regulamentações do Ministério do Interior Israelense quando um relacionamento termina.

Terminando um relacionamento devido a violência na família – quando o(a) esposo(a) israelense é violento(a) com o estrangeiro(a).

Vistos para Israel – Diferentes Tipos de Vistos Israelenses

Na Decker, Ofir and Associates, teremos prazer em responder qualquer pergunta e fornecer assessoria jurídica através de um advogado de imigração israelense, referente à entrada a Israel com um visto de turista (visto B/2), visto de trabalho (visto B/1), visto de voluntariado, visto de estudante, visto religioso ou vistos de trabalhadores humanitários ou de voluntários, para Israel.

Abaixo se encontram alguns artigos elaborados por um advogado de imigração para Israel, referentes a diferentes tipos de vistos para Israel.

Visto de turista B/2 para Israel – requerimentos para entrar a Israel como um turista;

Visto humanitário para Israel – solicitando um visto para Israel devido a circunstâncias especiais;

Visto temporário de residência israelense – visto A/5 para Israel – residência temporária;

Visto para Israel para pais de cidadãos israelenses – visto para pais idosos e solitários;

Visto de trabalho israelense B/1 para funcionários de organizações de auxílio internacional.

Recusa de Entrada a Israel

O Departamento de Controle de Fronteiras no Ministério do Interior e seus funcionários no aeroporto de Ben Gurion e outras travessias de fronteira a Israel têm a autoridade de decidir permitir ou negar a entrada de uma pessoa a Israel. Entretanto, esta decisão deve ser sensata, e ter base em terrenos legais. Adicionalmente, qualquer decisão do Ministério do Interior pode ser desafiada por uma apelação ou levada ao Tribunal Administrativo por um advogado de imigração israelense.

Nós na Decker, Ofir and Associates somos capazes de ajudar em matéria de recusa de entrada a Israel, revocando uma ordem de deportação de Israel e qualquer assunto envolvendo a entrada indeferida a Israel ou recusa de entrada em Israel.

Por favor, veja um pouco de informação útil acerca do tema de recusa de entrada a Israel e o que pode ser feito, neste artigo de autoria por parte de um advogado de imigração israelense.

Entrada a Israel recusada – o que pode ser feito por um advogado de imigração israelense?

Representação Legal – Escritório de Advocacia Decker, Ofir and Associates

A nossa firma representa clientes em qualquer ação legal relacionada ao Ministério do Interior envolvendo imigração para Israel, como, por exemplo, uma apelação contra uma decisão do Ministério do Interior, uma petição para o Tribunal Administrativo, ou uma apelação para o Supremo Tribunal de Justiça em Jerusalém.

Caso deseje entrar em contato com um advogado de imigração israelense, por favor, ligue para nós ou nos envie um e-mail.

Advogado de imigração para Israel

ייעוץ משפטי https://lawoffice.org.il/: 03-3724722

          055-9781688

רחוב עמל 37 פתח תקווה 4951337 ישראל, https://lawoffice.org.il/[email protected]